Maringá FM


Notícias

11 de Janeiro de 2017 Imprimir    E-mail

Luciano Cartaxo mantém luta para ter BRT e diz que verba provém do PAC Grandes Cidades

O prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD), afirmou que mantém a luta para ter o Transporte Rápido por Ônibus (BRT) na Capital. Segundo Cartaxo a verba provém do PAC Grandes Cidades e aguarda apenas que o Governo Federal libere os recursos do Ministério das Cidades para dar início a obra. A declaração foi feita durante a reabertura do bloco cirúrgico no Ortotrauma, em Mangabeira, nesta quarta-feira (11), após a indagação de que o Governo Federal teria cancelado o repasse da verba para a Prefeitura.

“Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O Ministério das Cidades não tratou do BRT, tratou de uma verba chamada PAC 50, que foi um projeto que a presidente Dilma reuniu os prefeitos e governadores do país inteiro, naquele momento de crise, de aumento das passagens 2013/2014 e na oportunidade conseguimos apresentar diversos projetos. Só que a presidente Dilma não conseguiu dar encaminhamento a essas ações. Aguardamos a liberação do projeto junto ao Ministério das Cidades. O BRT é PAC Grandes Cidades. O que o Governo Federal está dizendo que não vai mais realizar é o PAC 50, completamente diferente do BRT, esse é para outros corredores da cidade. Continua nossa luta, continua nosso empenho. Projeto pronto e apresentado, aguardando que o Governo Federal descontingencie os recursos do Ministério das Cidades para a gente poder tocar essa obra aqui. Então esse assunto não tem nenhuma relação com o BRT, é mobilidade urbana, mas não é BRT”, afirmou o prefeito.

Sobre a reabertura do bloco cirúrgico Humberto Nóbrega, a unidade passou por reformas e uma readequação que vai ampliar em 60% a capacidade de realização de cirurgias. “A cada dia temos feito mais investimentos na saúde com recursos próprios. Minha obrigação enquanto gestor é investir 15% do orçamento na área e nós já vamos em 23% em função da demanda cada vez maior devido ao aumento do número de pacientes vindos de outras cidades do Estado, que nós temos a obrigação de atender e salvar essas vidas”, declarou Cartaxo.

Com a reinauguração, o Ortotrauma passa a contar com oito salas de cirurgia à disposição e, também, de cirurgias eletivas. O bloco, com três salas cirúrgicas, estava passando por adequações técnicas. “Estamos aumentando em 60% a capacidade de realização de cirurgia no Ortotrauma. Já fizemos uma avaliação e, desde 2013 quando assumimos a Prefeitura até o dia de hoje, nós chegamos a um crescimento de 55% no número de cirurgias realizadas no hospital. E agora teremos este incremento que irá trazer mais tranquilidade e conforto à população que procurar nossos serviços”, ressaltou Cartaxo.

A solenidade contou com a presença de Glauce Burity, viúva do ex-governador da Paraíba, Tarcísio Burity, homenageado no nome do Complexo de Saúde.
 

Portal Coremas com Wscom





« Voltar